> Tudo sobre esportes você encontra aqui.

Goiânia GO

18/07/2019

06:54:08

> Tudo sobre esportes você encontra aqui.

Goiânia GO

18/07/2019

06:54:08

Muay Thai

Punhos de Aço segue seletiva para Brasileiro

Além de quatro disputas de cinturão profissionais, evento de muay thai terá 30 duelos entre amadores

Punhos de Aço segue seletiva para Brasileiro

Compartilhe

Conhece a arte das oito armas? Você pode até não ser um especialista nela, mas com certeza já viu ou já praticou o muay thai. E se você é fã dessa arte marcial não pode perder o 5º Punhos de Aço, que acontece no próximo sábado (6), às 15h.

Punhos de Aço em sua 5ª edição

Chegando a sua 5ª edição, a competição focada em muay thai funcionará como segunda etapa da seletiva goiana para o Campeonato Brasileiro 2019 da CBMB (Confederação Brasileira de Muay Boran e Muay Thai), que acontece em setembro, no Espírito Santo.

Realizado sob a chancela da Federação Estadual de Goiás de Muay Thai Tradicional (FEGMTT), o Punhos de Aço desse fim de semana terá pontuação que segue o Campeonato de Muay Thai Tradicional - primeira etapa da seletiva - na contagem do ranking local.

+ Mais eventos de luta em Goiás

Ao todo, 30 lutas amadoras serão realizadas no ginásio do setor Jardim Nova Esperança. Participam da seletiva os lutadores filiados à entidade e os melhores classificados após as três etapas estaduais conquistam o direito de disputar o brasileiro em Vitória (ES).

Antes de subir ao ringue no sábado, os atletas enfrentam a balança na sexta-feira (5). A pesagem acontece na Academia VO2, no setor Balneário Meia Ponte, a partir das 20h.

Lutas profissionais

E mais do que assistir aos aspirantes goianos, os espectadores também terão espetáculo garantido com as quatro disputas profissionais de cinturão do evento. Duas delas acontecem entre as mulheres.

Em um dos combates mais aguardados da cena de lutas goiana, Ana Luiza “Trator” Quirino (Pit Bull Fight) defende seu reinado na categoria até 50 kg contra a desafiante Jú “Malévola” Piret (WK Falcão), irmã da campeã Karol Piret. Já na categoria até 57 kg, Jennifer Gonçalves (Dojan) e Jully Jeniffer se enfrentam pelo cinturão.

muaythai-analuizaxjupiret-pracaesportiva

Entre os homens, Bruno Berce (Black Tiger) enfrenta Leon Soares (Nunes Team) pelo direito de assumir o cinturão até 91 kg no desafio Goiânia contra Nerópolis. Fechando as lutas valendo o título do evento, Rhuam Felipe “Show” (Dream Fighters) e Cláudio “Acerola” Júnior (WK Falcão) se encaram em um duelo de representantes da nova geração do muay thai.

Por que arte das oito armas?

De origem milenar, o muay thai nasceu na Tailândia e ficou logo conhecido como a arte das oito armas por ir além dos golpes com pés e mãos - comuns a várias outras artes marciais ao redor do mundo - e incluir também avassaladores movimentos com joelhos e cotovelos (além das canelas).

Considerado um esporte nacional em sua terra natal, o muay thai como é conhecido hoje surgiu da atualização de artes ancestrais como o muay boran. Mais do que o combate, que movimenta o cenário esportivo tailandês e ganhou o ocidente por sua versatilidade e potencial como atividade física, a arte marcial carrega a filosofia tailandesa.

Ainda que pouco vista nas academias, os praticantes mais dedicados que levam a modalidade às competições ainda carregam consigo o wai kru e o ram muay, rituais milenares executados em homenagem aos mestres (krus) e para garantir um bom combate - além de servir como aquecimento para os competidores.

Aí está um evento que nenhum fã verdadeiro de muay thai pode perder! Comente aí o que você mais gosta na arte marcial tailandesa. Entre também para o WhatsApp da Praça clicando aqui. Lá você recebe os destaques do esporte goiano e pode deixar seu e-mail para receber nossas newsletters, começando a semana bem informado.

Compartilhe


Tags

Relacionados

Com boa sequência invicta em solo brasileiro, Maike Linhares sonha com chance no…

Atleta profissional, professor Danilo Torres dedica sua vida à arte suave depois de…

Preparando-se para luta no Shooto, “Marmita” sobe ao pódio no jiu-jítsu. Na Rússia,…